Pular para o conteúdo principal

No Coração da Canastra

18 / 07 / 2018

alessandro

 

Centro de Visitantes do Parna Canastra reabre e recebe exposição fotográfica

Centro de Visitantes do Parque Nacional reabre e recebe exposição "SERRA DA CANASTRA: Refúgio das Aves do Cerrado".


Neste 13 de julho de 2018 estive no Parque Nacional da Serra da Canastra para participar da cerimônia de reabertura do Centro de Visitantes, lançamento do livro e abertura da exposição "SERRA DA CANASTRA: Refúgio das Aves do Cerrado".

O evento contou com a presença dos diretores do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade - ICMBio, Instituto Terra Brasilis, guias e proprietários de agências de turismo, brigadistas do Parna Canastra, além da comunidade local de São Roque de Minas e adjacências.

O chefe do Parque Nacional da Serra da Canastra, Fernando Tizianel, na abertura da cerimônia.
O chefe do Parque Nacional da Serra da Canastra, Fernando Tizianel, na abertura da cerimônia.

 

Fechado durante os últimos anos e agora reformulado, o Centro de Visitantes reabre como um importante ponto de referência para as dezenas de pessoas que visitam o parque diariamente. Mais um resultado da profícua gestão atualmente à frente dos trabalhos de direção do Parna Canastra. 

Para mim é motivo de alegria contribuir com esta ação e ver nosso trabalho permanentemente exposto aos visitantes do Parque Nacional. Composta por trinta fotografias impressas em grande formato e alta resolução, montadas sobre expositores fabricados a partir de madeira de demolição, a ideia da exposição é apresentar um resumo de toda riqueza histórica, cultural e principalmente natural da região, pois embora a Serra da Canastra seja um dos parques mais conhecidos e visitados do Brasil, destino popular para pessoas em busca de cenários amplos e cachoeiras, não é um lugar fácil para ver fauna, como bem observa a amiga Claudia Komesu. Quem não têm o olhar de um birdwatcher pode passar dias no parque sem reparar no galito, no papa-moscas-do-campo, a águia-cinzenta, os vários caboclinhos. Agora com a exposição permanente no Centro de Visitantes e o livro impresso, é possível tornar a beleza da natureza mais concreta para os visitantes.

Falando sobre as aves da Serra da Canastra.
Falando sobre as aves ...

 

Serra da Canastra: baú de riquezas
... e outras riquezas naturais e culturais da Serra da Canastra.

 

Público presente no evento.
Atenção para os detalhes de cada espécie apresentada.

 

Autografando o livro.
Autografando o livro.

 

Autografando o livro.
E conversando sobre conservação da natureza.

 

Depois de cumprir sua trajetória itinerante, tendo percorrido escolas, museus, shoppings, feiras e eventos das mais diversas cidades, nossa exposição repousa agora no coração da Serra da Canastra.

Durante essa trajetória, foi fantástico perceber como a Canastra tem o fascinante poder de encantar as pessoas. Crianças, idosos, jovens, homens e mulheres em contato com a mostra fotográfica, manifestam unânime admiração e encantamento por esse lugar de fato extraordinário.

Tenho o privilégio de nascer e viver aqui. Hoje experimento a alegria de compartilhar as maravilhas da minha terra com o mundo. Tem sido uma experiência enriquecedora.

Meus agradecimentos ao ICMBio pela parceria, aos amigos e profissionais que trabalharam comigo nesta obra e a empresa Scala – queijos, patrocinadora deste projeto. 

Vida longa à Serra da Canastra!

 

Com os diretores do ICMBio
Com os diretores do ICMBio, Bianca, Fernando e Laura.

 

Família
Família! Camila, Ana Rosa e Maria.

 

Coffe Break
Momento de bate-papo e confraternização, saboreando deliciosos quitutes da terra.

 

Durante os dias que precederam o evento, ainda estive guiando pela região o birdwatcher escocês Tony Campbell, a quem pude mostrar algumas das preciosidades da avifauna da Canastra, como a águia-cinzenta o limpa-folha-do-brejo e o pato-mergulhão.
Durante os dias que precederam o evento, ainda estive guiando pela região o birdwatcher escocês Tony Campbell, a quem pude mostrar algumas das preciosidades da avifauna da Canastra, como a águia-cinzenta o limpa-folha-do-brejo e o pato-mergulhão.

 

Todos os trinta painéis que compõem a exposição "SERRA DA CANASTRA: Refúgio das Aves do Cerrado".
Todos os trinta painéis que compõem a exposição "SERRA DA CANASTRA: Refúgio das Aves do Cerrado".

 

Compre o livro "SERRA DA CANASTRA: Refúgio das Aves do Cerrado".